Primeiras imagens das filmagens do projeto em torno de António Variações - C7nema
Menu
RSS

 



Primeiras imagens das filmagens do projeto em torno de António Variações


Sérgio Praia como António Variações | © João Pina

Começam as rodagens de Variações, a cinebiografia do músico António Variações que conta com direção de João Maia e o protagonismo de Sérgio Praia (que interpretou a personalidade numa peça de teatro). A produção recebeu a imprensa num dos lugares incontornáveis da vida do artista, o Trumps, a célebre discoteca gay de Lisboa que se tornou palco para os primeiros espetáculos de Variações. “Este é um lugar icónico na vida de António. Foi aqui que ele se tornou Variações”, referiu o produtor Fernando Vendrell dirigindo-se a uma plateia composta por jornalistas e diversos convidados, com o intuito de dar a conhecer aquele que é das mais esperadas produções portuguesas.


Sérgio Praia, Filipe Duarte e Victória Guerra | © João Pina

Um filme sobre a vida de Variações já se encontrava em preparação há anos pela produtora Utopia Filmes (a mesma de Second Life e Corrupção), porém, o argumento de João Maia foi alterado/rescrito sem o conhecimento do próprio, o que levou a uma batalha entre direitos e em consequência o projeto suspenso. “Por intermédio de um amigo comum, o realizador, radicado em Nova Iorque, Jaime Mateus Quicas, manteve contacto com o João. Tentei apoiá-lo antes de  toda esta situação e foi então que começamos um projeto. Tivemos os nossos primeiros apoios e iniciamos, por fim, as rodagens” mencionou Vendrell, salientando que o anterior projeto transformou-se e está sob a alçada da produtora David & Golias. O protagonista, Sérgio Praia, também presente no encontro, reforçou a persistência do realizador, elogiando a sua postura: “agradeço a este grande homem [João Maia] por não desistir deste projeto, porque nos dias de hoje, desistir é fácil.

Também presente no Trumps estava Victoria Guerra e Filipe Albuquerque, este último vestindo a pele de Rudolfo, uma “figura reconhecida das noites de Lisboa dos anos 80”, assegurou João Maia. O ator que se estreia no grande ecrã discursou a urgência de contar histórias destas no nosso cinema “está na altura de olhar para a nossa História que está recheada de grandes personalidades”. Mas em grande destaque esteve Guerra, que será a enigmática Rosa Maria, um papel levado num certo secretismo, cuja atriz referiu “fazer parte do circulo de amigos de António. Rosa Maria junto com o seu companheiro abriram esta casa, o Trumps”. A inserção da sua personagem, assim como muitas outras e eventos, levarão o espetador a conhecer um lado nunca visto de Variações, assim promete “quando li o guião pela primeira vez devo confessar que não conhecia a luta que teve para chegar onde chegou”. Acerca do filme, guardou ainda algumas palavras de apresso “este é um filme sobre o António para o António. É quase como uma homenagem”.


 Victória Guerra | © João Pina

No final do encontro, a imprensa pode assistir a preparação de uma das sequências do filme, que terá como cenário a tão enigmática discoteca lisboeta e a “segunda” casa de “uma lenda” (palavras de Victória Guerra) que viria a influenciar toda uma geração e as que seguiram.

Recordamos que o filme tem estreia prevista para 2019, data em que se comemoram os 75 anos do nascimento do cantor português. A obra irá focar-se no período entre 1977 e 1981, quando o cantor deu o primeiro concerto, seguindo nesses anos o seu regresso de Amesterdão, onde viveu alguns anos, o seu trabalho como barbeiro em Lisboa e a forma como nos seus tempos livres compunha canções - só com um gravador, por vezes com uma caixa de ritmos - e tentou arranjar músicos para as tocar.


Filipe Duarte e Victória Guerra | © João Pina

Filipe Duarte, Nuno Casanovas, Lúcia Moniz, Eric da Silva, Madalena Brandão e Tomás Alves também integram o elenco.


Sérgio Praia | © João Pina


Filipe Duarte | © João Pina



Deixe um comentário

voltar ao topo

Contactos

Quem Somos

Segue-nos