«RoboCop» poderá regressar ao grande ecrã - C7nema
Menu
RSS

 



«RoboCop» poderá regressar ao grande ecrã

RoboCop poderá regressar ao grande ecrã. Contudo, segundo o argumentista Ed Neumeier, não será nenhuma continuação da “infame” versão de 2014.

Neumeier esteve por detrás do guião do filme original de 1987, dirigido por Paul Verhoeven, que tornou-se num sucesso de público, mais tarde convertido a objeto de culto e hoje tido como um dos grandes trabalhos do realizador na sua estadia em Hollywood. Em entrevista à Zeitgeist, o argumentista expressou: "É bom que as pessoas ainda estejam interessadas no RoboCop e me façam trabalhar num novo, na MGM, neste momento, então talvez vamos ter outro. (…) Nós não podemos revelar muito. Houve vários filmes do RoboCop e houve recentemente um remake. Eu diria que isso é uma espécie de voltar ao antigo RoboCop, aquele que todos amamos, e começar daí e seguir em frente. Então, na minha mente, é uma continuação do primeiro filme. Pouco mais da velha escola".

Recordamos que graças ao sucesso do primeiro filme, Robocop teve duas sequelas, um reboot e duas séries televisivas. O enredo remete a um futuro próximo, com uma Detroit assolada pela violência e crime. A polícia torna-se incapaz de manter a ordem e segurança aos seus habitantes, sendo que a cooperativa OCP (Omni Consumer Products) encontra a solução. Essa reside na criação de novos agentes da autoridade, híbridos entre humanos e máquinas, e o primeiro exemplar dessa experiência será o agente Alex Murphy (Peter Weller), morto em serviço. Com memórias apagadas e um corpo “fabricado,” ele torna-se no RoboCop. O ator Peter Weller foi o Polícia do Futuro mais uma vez, na sequela direta de 1990, tendo sido substituído por Robert John Burke no último filme da trilogia, em 1993.

Uma série com mais de 20 episódios surge um ano depois, com Richard Eden no papel de Murphy e, em 2001, RoboCop: Prime Directives, um autêntico fracasso televisivo que se ficou pelos 6 episódios. 

Em 2014, o brasileiro José Padilha, o mesmo do duo Tropa de Elite, dirige um reboot que se tornou num fracasso, repudiado pela crítica e pelo público. Joel Kinnaman vestiu a pele de RoboCop num filme que contou com os desempenhos de Gary Oldman, Michael Keaton e Samuel L. Jackson. 



Deixe um comentário

voltar ao topo

Contactos

Quem Somos

Segue-nos