Menu
RSS

 



«Mulher Maravilha 2» vai usar novo código de conduta contra o assédio sexual

Na sequência dos movimentos #MeToo e Time's Up, a Guilda de Produtores Americanos(PGA) anunciou a criação de novas diretrizes para combater o assédio sexual na indústria do Cinema. 

Esse código de conduta inclui diversas recomendações sobre como os produtores devem atuar, os requisitos para lidar com o elenco e equipa técnica, e até um protocolo para lidar com casos de assédio sexual, estando incluído no grupo de trabalho mesmbros da equipa legal do movimento Time's Up. 

"Estamos orgulhosos de anunciar que a nossa equipa terminou a primeira etapa do seu trabalho, resultando nas Diretrizes contra o assédio sexual", disse a Guilda de Produtores Americanos.

Provavelmente, o primeiro filme a adoptar oficialmente as diretrizes da PGA será Wonder Woman 2 (Mulher Maravilha 2), protagonizado por Gal Gadot e dirigido por Patty Jenkins.

Recorde-se que não foi só a PGA a anunciar um código de conduta para os seus membros. A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas também iniciou o processo de criação das diretrizes para os seus membros na sequência do escândalo Harvey Weinstein.

Em outubro passado, um painel de 54 membros da Academia expulsou Harvey Weinstein a 14 de outubro, pouco mais de uma semana após o New York Times ter publicado uma reportagem que dava conta de abusos que Weinstein executou a algumas personalidades.



Deixe um comentário

voltar ao topo

Secções

Contactos

Quem Somos

Segue-nos