Menu
RSS

 



Carta branca a Wes Anderson e Juman Malouf no Museu da História da Arte em Viena

Na segunda-feira passada, 4 de novembro, o Museu de História da Arte em Viena, Aústria, abriu uma exposição com a curadoria do cineasta americano Wes Anderson e da ilustradora e escritora Juman Malouf. A dupla recebeu "carta branca" do museu a fim de montar "Spitzmaus Mummy in a Coffin and Other Treasures", em exibição até ao final de abril de 2018. Na noite de abertura, alguns dos colaboradores de Anderson, como os atores Jason Schwartzman e Tilda Swinton, marcaram presença.

Esta exposição "foi o culminar de vários anos de paciência, negociações frustrantes, debates amargos, raivosos e confronto às vezes irracional e muitas vezes duplicidade e decepção maquiavélica ", disse o cineasta num breve discurso. Os itens selecionados - peças que fazem parte das coleções e arquivos do museu, bem como de alguns dos seus parceiros - não foram escolhidos de acordo com as noções de raridade ou prestígio artístico.

"Parece a sala de colecções de um conde excêntrico em algum lugar no interior da Checoslováquia há centenas de anos", disse Jasper Sharp, curador do museu à AFP. 

Este programa é o terceiro de uma série de exposições com curadoria de artistas contemporâneos no museu. 



Deixe um comentário

voltar ao topo

Contactos

Quem Somos

Segue-nos