Menu
RSS

 



Luc Besson exausto de super-heróis... especialmente do Capitão América

Em entrevista ao site brasileiro Cine Pop, Luc Besson em promoção ao seu Valerian e a Cidade dos Mil Planetas [ler crítica] expressou nitidamente a sua saturação ao subgénero dos filmes de super-heróis:

"Estou completamente cansado. Quero dizer, foi bom há 10 anos quando vimos o primeiro Homem-Aranha e Homem de Ferro. Mas agora, são para aí uns cinco, seis e sete; temos super-heróis a trabalhar com outros super-heróis, mas não são da mesma família. Estou perdido. Mas o que me incomoda mais é eles existem para mostrar a supremacia dos EUA e como são grandes."

Em termos particulares, o realizador não poupou as críticas a um herói - Capitão América e a sua envolvência na propaganda norte-americana:"Qual é o país do mundo que teria a coragem de chamar um filme "Capitão do Brasil" ou "Capitão da França"? Quero dizer, ninguém! Ficamos tão envergonhados que até dizemos: 'Não, não, vamos, não podemos fazer isso.' Eles podem. Eles podem chamá-lo de "Capitão América", e todos acham normal. Não estou aqui para propaganda, estou aqui para contar uma história ".



Deixe um comentário

voltar ao topo

Secções

Contactos

Quem Somos

Segue-nos