A MONSTRA regressa em março com foco na Estónia e Japão - C7nema
Menu
RSS

 



A MONSTRA regressa em março com foco na Estónia e Japão

A MONSTRA- Festival de Animação de Lisboa regressa de 8 a 18 de março com uma homenagem ao cinema de animação da Estónia. Serão exibidos cerca de 140 filmes deste país, entre filmes históricos, contemporâneos e retrospetivas.

A antestreia de A Idade da Pedra (Early Man), filme de Nick Park , produzido pelos estúdios britânicos Aardman, é outro dos focos desta 18ª edição O português Emanuel Nevado, da equipa de animação do filme e o realizador Nick Park vão estar presentes no certame.

O cinema de animação japonês vai também estar no centro das atenções, com a presença em Lisboa do realizador Kunio Katō, vencedor de um Oscar em 2008 para Melhor Curta-Metragem com A Casa dos Pequenos Cubos. Dele serão ainda exibidas várias curtas-metragems, inseridas numa retrospetiva. Para além disso, vai ser projetado o filme Gochu, o Violoncelista, de Isao Takahata, cofundador do Studio Ghibli; e, por fim, o realizador Koji Yamamura, também orcarizado, apresenta em Lisboa uma retrospetiva dos seus filmes e dos seus alunos da Universidade de Tóquio.

A competição internacional de longas-metragens é composta por 7 filmes, com destaque para The Breadwinner, nomeado aos próximos Oscars; e Have a Nice Day, do chinês Liu Jian, alvo de grande censura no seu país. A competir pelo Prémio Vasco Granja / SP Autores, estarão 12 curtas portuguesas de realizadores como André Ruivo, Catarina Sobral, Marta Monteiro, Joana Imaginário, Joana Toste e Pedro Serrazina.


The Breadwinner

A MONSTRA conta ainda com as secções de competição de Curtas-metragens, competição de Estudantes, competição Curtíssimas (filmes até 2 minutos) e competição Monstrinha.

 Os filmes históricos serão outro ponto de interesse, com a exibição de Yellow Submarine, o aclamado filme de George Dunning sobre os Beatles, Planeta Selvagem de Renè Laloux, The Secret Adventures of Tom Thumb, de Dave Borthwick, e ainda Belleville Rendez-Vous, realizado por Sylvain Chomet, que vem a Lisboa falar sobre o seu trabalho numa masterclass.


Yellow Submarine

As secções DokAnim (documentários de animação, representados por duas longas e uma retrospectiva do Festival DokLeipzig),TerrorAnim (filmes de animação de terror), Monstra Triple X (uma seleção de filmes sensuais para maiores de 18 anos), Cinema Experimental e ClipAnim (videoclips de animação, que este ano são selecionados pelo músico Filipe Raposo) merecem igualmente menção, bem como o regresso do Cinema Mais Pequeno do Mundo à Praça Luís de Camões, e uma atenção particular à realidade aumentada.

Paralelamente, no Museu da Marioneta vai inaugurar, no dia 1 de março, uma exposição dedicada aos 60 anos da Nukufilm, onde vão ser apresentados 8 sets de vários filmes deste estúdio de animação de marionetas da Estónia, a par de 4 sets de filmes de stop motion portugueses.



Deixe um comentário

voltar ao topo

Contactos

Quem Somos

Segue-nos