Menu
RSS

 



Rock Hudson: vem aí um filme em torno da estrela de Hollywood

 

Greg Berlanti, o realizador de Love, Simon, vai trabalhar com a Universal para a execução de uma cinebiografia dedicada a Rock Hudson, o ator icónico e galã de Hollywood dos anos 50 e 60. Na base do filme vai estar a adaptação da biografia All That Heaven Allows: A Biography of Rock Hudson, escrita por Mark Griffin e publicada em janeiro passado. 

Nascido no Illinois (EUA) com o nome Roy Harold Scherer Jr, Hudson esteve na Marinha durante a Segunda Guerra Mundial, seguindo para Hollywood em 1946 para seguir uma carreira de ator. Como tantas outras histórias da época, esse objetivo só foi conseguido mais tarde, quando foi descoberto por um caça talentos na porta dos estúdios. Foi esse agente, Henry Willson, que lhe inventou um novo nome: Rock Hudson.

O seu primeiro trabalho foi com a Warner Brothers, Todos Foram Valentes (1948), e um ano depois o seu contrato foi adquirido pela Universal Pictures, que lhe proporcionou a oportunidade de ter aulas de atuação, bem como lhe ofereceu papéis em 28 filmes em seis anos.

Para Douglas Sirk, protagonizou Sublime Expiação (1954), mas deu claramente nas vistas em O Gigante (1956), ao lado de James Dean e Elizabeth Taylor. No final da década de 1950, Hudson tornou-se uma das estrelas masculinas mais populares e lucrativas de Hollywood, colaborando nos anos '60 em vários projetos ao lado de Doris Day, como Conversa de travesseiro (1959), Pijama Para Dois (1961), Não me mandem flores (1964), e Gina Lollobrigida, em Idílio em Setembro (1961) e Quarto para Dois (1965).


James Dean, Elizabeth Taylor & Rock Hudson
 

Nessa década trabalhou ainda em filmes como Duelo ao Pôr do Sol (1961), ao lado de Kirk Douglas, e O Desporto Favorito dos Homens (1964), de Howard Hawks (1964). Apesar de ainda aparecer várias vezes no cinema nesta década, nas que se seguiram ficou marcado por projetos televisivos, com McMillan & Wife (1971-1977) e Dinastia (1984-1985) em destaque.

Hudson, cuja imagem nos ecrãs era heterossexual, manteve a sua homossexualidade em segredo até pouco antes de sua morte. Na verdade, ele foi uma das primeiras celebridades a desvendar ter SIDA, antes de morrer 2 de outubro de 1985 com 59 anos. 

Ainda não existem detalhes sobre quem vai adaptar a guião este projeto.



Deixe um comentário

voltar ao topo

Contactos

Quem Somos

Segue-nos